fbpx
Bem-vindo(a)!
+55 (11) 99944 2309

Uma janela de esperança

13.01.2021
Autismo Cuidados Dica Outros transtornos Sinais

A primeira infância, os seis primeiros anos de vida, representam o período de maior oportunidade de aquisição de saúde para toda a vida, pois neste período se constroem os alicerces da personalidade e também do sistemas de defesa do organismo. Uma boa saúde na vida adulta é mais facilmente construída durante a infância. A “janela de esperança” ou de oportunidade ocorre nesse período da vida. Mas o que é essa janela de esperança?

Texto de autoria de Dr. Rodrigo Silveira

A primeira infância: a janela de esperança

Até os três anos de idade, a chamada primeiríssima infância, as crianças têm um potencial enorme de aprendizagem. Esse potencial ainda é muito grande no restante da infância. Afinal, crianças aprendem uma língua em poucos anos! Algumas aprendem várias línguas! Assim, o cérebro infantil é muito plástico. Ele é desenvolvido para absorver muito do que vem do ambiente, e para aprender muito com essas experiências. Dizemos que os pequenos, nessa idade, são como esponjinhas. A janela de esperança é um período crítico, fundamental para o desenvolvimento: quando ele passa, a aprendizagem se torna um processo mais difícil e lento. Afinal, aprender uma língua quando somos adultos não é algo que dá trabalho? E as crianças aprendem apenas “vivendo” com seus familiares e amigos! Esse é um bom exemplo para entender o que é a plasticidade cerebral da criança.

Não devemos perder as oportunidades de dar elogios. Não conheço nada mais potente para o desenvolvimento do que um elogio verdadeiro.

Janela de esperança

As crianças pequenas, ainda que não sejam capazes de falar com clareza, já compreendem muito bem o que está acontecendo à sua volta. Quando se sentem cuidadas com amor e atenção, têm a oportunidade de florescer com saúde e alegria com mais facilidade. É nesse período que se formam nossos primeiros vínculos, importantíssimos para o nosso crescimento. Como disse o poeta, a criança é pai do homem. No sentido que: aquilo que somos como adultos representa muito do que vivemos na nossa infância.

O cuidado tem que vir cedo!

Um processo de psicoterapia na vida adulta, muitas das vezes de forma direta ou direta, precisa dar conta de tratar feridas da infância. Isso é possível e é o que acontece. Entretanto, cuidados como a psicoterapia levam tempo e nem todas as pessoas podem ter acesso. Desta forma, precisamos ficar atentos a isso e investir enquanto cuidadores todos os recursos que tivermos no sentido de uma prevenção.

O mais importante para criança inicialmente é que ela possa desfrutar de um ambiente seguro e acolhedor. Quando se sente protegida, a criança pode explorar o mundo com tranquilidade, e assim germinar as sementes de bom desenvolvimento que já nascem com ela. De forma similar, o estresse tóxico na primeira infância, ocasionado por negligência e abuso, é responsável por muitos casos de depressão na vida adulta.

A importância do reconhecimento e da sinceridade

Outro fator muito importante para todos nós, sobretudo quando somos crianças, é nos sentir reconhecidos e valorizados. As crianças percebem muito bem quando nos comunicamos com elas de forma verdadeira. Além disso, poder escutar os pontos de vista que a criança tem do mundo ao seu redor, forma uma pessoa que é capaz de acreditar em si mesmo. Não é legal quando simplesmente somos mandados a fazer coisas, sem explicações de por que fazê-las! Da mesma forma, devemos educar nossos pequenos sendo sinceros com eles, dando-lhes explicações honestas e ouvindo o que eles têm a dizer sobre o mundo. Afinal, não são lindas as coisas que as crianças dizem? Não são criativas e espontâneas? É importante ouvi-las de verdade, e conversar com elas!

É muito importante olhar nos olhos quando estamos falando com os pequenos, e também não perdermos as oportunidades de dar elogios verdadeiros. Não conheço nada mais potente para o desenvolvimento do que um elogio verdadeiro. Assim, precisamos estar atentos para não perder a oportunidade durante a infância.

Que neste Dia dos Pais todos nós lembremos de largar um pouco o celular e todas outras distrações e olhar um pouco mais para os olhos das nossas crianças. Que todos nós consigamos oferecer um ambiente tranquilo para que as sementes da boa saúde possam germinar. A nossa única e verdadeira janela de esperança para um mundo melhor é viabilizar um cuidado amoroso para todas as crianças. Porque se mudarmos o início da história, mudamos a história toda.

Quer saber mais sobre a janela de esperança? Assista ao vídeo:

0

Autor(a): Equipe Instituto Singular

Psicólogas e Terapeutas

Esta dica foi escrita em conjunto por algumas psicólogas e terapeutas do Instituto Singular. Todos os artigos deste site são escritos por profissionais especializados em autismo e desenvolvimento infantil.

Garota com folha sentada na janela
Anterior

Autismo leve

Mulher passando produto na mão da criança
Próximo

Quarentena com crianças