Transtorno do espectro autista e envelhecimento: uma revisão narrativa

O Transtorno do Espectro Autista é um distúrbio do neurodesenvolvimento, heterogêneo e de caráter crônico. Com a melhora progressiva da assistência à saúde associada aos esforços crescentes para o diagnóstico precoce, permitindo um melhor prognóstico a longo prazo, levará, certamente, ao aumento no número de idosos com TEA. Com isso, os sistemas de saúde assim como as redes de suporte ocupacional e social precisarão se adaptar a fim de comportar a demanda futura. Nada disso parece ser possível atualmente, uma vez que menos de 2% das pesquisas acerca do TEA são dirigidas a população adulta e idosa. Esse artigo de revisão tem como objetivo reunir os dados disponíveis a respeito da epidemiologia, dificuldades diagnósticas, instrumentos de triagem diagnóstica, condições clínicas, comorbidades neuropsiquiátricas e expectativa de vida em adultos e idosos com TEA. Esperamos, com isso, chamar a atenção para o problema e para a lacuna existente acerta do tema.

Com a melhora progressiva da assistência à saúde associada aos esforços crescentes para o diagnóstico precoce, permitindo um melhor prognóstico a longo prazo, levará, certamente, ao aumento no número de idosos com TEA. Com isso, os sistemas de saúde assim como as redes de suporte ocupacional e social precisarão se adaptar a fim de comportar a demanda futura. 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Não encontrou o que precisava?

Entre em contato com a gente!